terça-feira, dezembro 06, 2016

Residentes Permanentes da Nova Zelândia...

Para todos que acompanharam as nossas várias aventuras em busca de vistos, o processo finalmente ACABOU por completo...

Ou fim de 4 anos somos RESIDENTES PERMANENTES na Nova Zelândia...
Agora para nos mandarem para fora ou não nos deixarem entrar tem de nos acusar de traição ao país (ou algo igualmente grave) ou mudarem drasticamente as leis.
Mesmo se formos embora do país podemos voltar quando quisermos, nem que seja daqui a 10 anos.

Este processo podia ter sido mais curto (se tivéssemos optado por ter entrado no país com outro visto, que tinha dado mais trabalho na altura) ou mais comprido, dependendo da rapidez de conseguir ter um visto para não só trabalhar como também para residir no país.


Agora o nosso passaporte tem este simpático auto-colante que nos permite entrar e sair do país, para sempre e sem condições.
Obviamente que antes já tínhamos muitas liberdades mas se saíssemos do país por um período de anos perdíamos o visto e tinha de se voltar à estaca zero.

Agora, mais que isto, só mesmo se pedirmos a cidadania Neozelandesa. É uma possibilidade mas ainda temos de esperar um pouco mais para isso.

Como resultado do nosso processo de Visto estar concluído, o meu amigalhaço John Key (carinhosamente, João Chave), que podem ver na fotografia abaixo e que por acaso ainda é o Primeiro-Ministro da Nova Zelândia, achou que já não havia mais nada a fazer pelo país e pediu a sua demissão.

É compreensível: Agora que já somos residentes ele já não tem mais nenhum grande objetivo para o país e vai-se dedicar à família. Foram uns bom quatro anos (connosco cá), oito anos (à frente do país) e 10 anos (à frente do partido).
A ver se o próximo tem o mesmo sentido de humor... só não precisa de puxar os rabos-de-cavalo às raparigas...
[E se não perceberem este comentário final tem MESMO de ver este vídeo aqui, que explica a história]

3 comentários:

  1. Parabéns Meninos! :D esse autocolante é que devia ser uma coisa bem mais catita! :D debroado a ouro ou assim!

    ResponderEliminar
  2. Partilho dessa felicidade, imensos parabéns !!!

    (Saudações brasileiras e lusófonas.)

    ResponderEliminar