sábado, setembro 29, 2007

In Love with Barcelona

Bem... e Barcelona leva as 5 estrelas na minha avaliação...

A cidade mais linda que já vi até hoje (vamos excluir o Porto das contas), mas alguém devia avisar o Gaudi que devia acabar as coisas que começa (a Sagrada Família até é uma igreja bonita, mas 130 anos para nem estar perto pronto?)...

p.s.: Barcelona não é Espanha... é Catalunha...
p.s.2: Rever o Guilhermo, Dani e Jordi também fui um dos momentos altos da visita...


Madrid... o centro de Espanha...

Bem, não sei o que dizer de Madrid, se um cidade fantástica se uma decepção completa.

Não tivesse eu atravessado um deserto para chegar a Madrid, e fosse "teleportado" para o centro da cidade sem ver mais nada e diria que era linda, mas a sensação de estar no meio de um deserto nunca me abandonou, principalmente porque me faltava AQUELA referência: ou o rio ou o mar...

Como referência máxima de Madrid: os amigos... foi excelente rever a Ana e o "coño" do Pedro...

Sabias que...

É possível dois gémeos monozigóticos (os ditos gémeos verdadeiros) serem de sexos diferentes?

Como é que isto é possível? Bem, aparentemente há óvulos fertelizados que em vez dos ter os normais XY ou XX, têm a informação genética XXY (tem a mania que são mais que os outros). Após a primeira divisão esta informação extra pode-se perder, e cada uma das partes da divisão pode perder uma informação diferente (logo uma parte podia perder o Y e ficar XX e a outra perder um X e ficar XY). E assim temos gémeos verdadeiros de sexos diferentes.

Como podem ver pelo que aqui descrevo é extremamente raro acontecer, mas ficam informados que é possível.

Contas à moda de Espanha...

Alguém tem de explicar ao espanhóis o que querem dizer os ARREDONDAMENTOS... é que fico curioso com que moedas é que eles vão dar o troco a estes números...